Como fazer maçã recheada 

Essa é uma receita que pode ser “magrinha” e pode ser “gordinha”. Só depende de você. No vídeo fiz a versão magrinha, porque estou empenhada em perder os quilos que engordei desde que casei. Mas quem não tá de dieta pode usar a criatividade.   

  
INGREDIENTES

  • Maçã 
  • Canela em pó
  • Pasta de amendoim sem açúcar (você pode substituir por sorvete, chantili, ganache de chocolate…)
  • Granola (você pode substituir por castanha picada, paroquinha esfarelada, pedacinhos de chocolate…)

MODO DE FAZER

Tire o miolo da maçã, polvilhe a canela e leve ao forno pré-aquecido por 30 minutos.

Depois é só rechear com o recheio da sua preferência! Sirva quentinha que vai ser sucesso! 

  
http://youtu.be/dTPKQ3PEMY8
Para mais receitas curta nosso canal no YouTube www.bit.ly/casaldeprimeiraviagem 

Anúncios

Bento Gonçalves além das vinícolas

É só escutar sobre Bento Gonçalves (RS) e a pessoa já pensa logo em vinícolas e vinhos. Muitos vinhos bebidos em incontáveis degustações. Mas essa cidadezinha que fica a 124 km de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, abriga um monte de lugares legais para degustar muito mais que a bebida preferida de Baco (ou Dionísio). E aqui vão alguns dos cantinhos que visitamos e amamos.

Bem ali no Vale dos Vinhedos, uma pequena casinha  de madeira chama atenção por não servir vinho, imaginem só! 

 Ao entrar na loja a pessoa fica fascinada com a decoração que lembra casa de vó e se embreaga com o cheiro gostoso de biscoito quentinho saindo do forno.   

 São mais de 15 sabores doces e salgados gentilmente oferecidos para degustação gratuita. No subsolo é possível conhecer a fábrica onde diariamente se fabricam artesanalmente mais de 30kg de deliciosos biscoitinhos. Difícil mesmo é sair de lá com só um pacotinho de biscoito. 

Ainda no Vale dos Vinhedos a deslicatessen do grupo Casa Valduga produz geleias, vinagres balsâmicos à base de vinho, suco de uva, e antepastos.  

A degustação gratuita acontece no balcão. Eu já conhecia a marca, mas não imaginava a variedade de sabores de geléias. Uma mais gostosa que a outra. Os balsâmicos saborizados foram uma deliciosa surpresa. São tão gostosos que comemos de colher. O suco de uva, como era de se esperar, é fantástico!   

Nunca imaginei que dava para fazer tanta coisa com tomate! 

 No começo do Caminho das Pedras a propriedade é uma das primeiras. Além de receber uma explicação sobre o roteiro local, como ele foi concebido e como funciona, você ainda tem uma aula de história emocionante de como os imigrantes italianos chegaram na Serra Gaúcha e as dificuldades que enfrentaram por lá.  

 
Depois você pode se preparar para degustar  uma quantidade de produtos feitos com tomate que vão te surpreender. A princípio você deveria pagar R$ 2,00 para degustação, mas caso compre algo, ele é descontado. São molhos, pestos, geléias e cervejas inusitadas, além de uma receita antiga de refrigerante natural feito com outras frutas da região. 

A propriedade ainda tem uma cantina italiana para quem quiser almoçar uma boa e tradicional pasta!

Além de saborear vários produtos feitos com leite de ovelha, o Parque das Ovelhas oferece ainda uma série de atividades em horários distintos durante o dia. Tanto a degustação como os outros programas são pagos.

  
Você pode ver a amamentação dos cordeiros, acompanhar o pastoreio das ovelhas, presenciar a ordenha e ainda assistir ao grande rebanho (no fim do dia). Tudo com muitas ovelhas fofas e cachorrinhos ajudando. 

Quanto aos produtinhos degustados, votei para casa com algumas pecinhas de queijo. Eles não têm lactose e a intolerante aqui ficou muito empolgada com isso! 

Almoço na sombra… Das delícias de viver em Brasília. 

Isso de quase não chover em Brasília é ruim, mas é bom, né? Por exemplo, graças a esse tempinho seco os espaços públicos são ocupados com várias opções legais de programas para fugir da rotina em meio ao concreto moldado pelos traços de Oscar Niemeyer.

Toda terça-feira, e neste sábado (9/4), ali na calçada do Mercado Cobogó você pode comer uma comidinha gostosa do Teró na Rua debaixo de uma sombrinha aconchegante.    

 
O cardápio é sempre uma delícia e oferece precinhos bem convidativos. Para sobremesa você pode pedir algum dos quitutes do Café Cobogó!   
Dificíl mesmo é ficar só nas comidinhas e resistir aos charmosos produtos vendidos no Mercado Cobogó. Definitivamente uma das lojinhas mais legais desse quadradinho no meio do Goiás. 

  

     São vários acessórios para casa com desing charmoso e roupinhas estilosas. Sempre tem novidade por lá. Tem também muitas coisinhas para uso pessoal que são garantia de sucesso quando preciso dar algum presente para aquela pessoa especial. 

E aí, tá esperando o que para marcar um almoço com a família, os amigos, os amores… Juro que você vai se sentir como se tivesse pulado automaticamente para o fim de semana. Recarrega a energia um almocinho assim, viu?   

O pessoal do Teró na Rua também “bate-ponto” noutros cantinhos da cidade. Para saber onde eles estão estacionados é só acompanhar pelo instagram ou facebook .

Assinatura de cápsulas para Nespresso – #Review

Difícil um casal hoje em dia que não tenha uma cafeteira em casa. A nossa é a Nespresso e a gente ama de paixão. O problema é que a única loja que existe em Brasília fica a 25,5km de distância da nossa casa, e isso dava uma preguiça danada de ir lá comprar umas capsulinhas.

Mesmo tendo venda no site nunca lembrávamos de comprar com antecedência, e só pensávamos nisso quando as cápsulas já tinham acabado e a vontade de tomar um café não era saciada.

Começamos a testar outras opções que existem no mercado. Depois que quebraram a patente da Nespresso surgiram várias marcas com preços até mais baratos.

A primeira tentativa foi a Café do Ponto. Achávamos sempre no mercado, o preço era parecido com as da Nespresso e os cafés eram bem gostosos. Só perdiam ponto mesmo para a questão praticidade e sustentabilidade. Cada cápsula vem embalada em um pacotinho. Então cada vez que íamos tomar um café era um tal de abre pacote para pegar a cápsula gerando mais lixo do que a originais da máquina. (Sim, sou dessas que pensa nisso e tenta gerar a menor quantidade de lixo possível).

Única foto que tirei 😫

Foi aí que descobri a Moccato, uma assinatura de cápsulas de café😱! Você monta o seu plano com a quantidade e o tipo de café que quer receber e pronto. Todo mês o valor é debitado no seu cartão e as cápsulas chegam na sua casa na data combinada! Isso é ou não é amor?

Os valores são semelhantes aos da Nespresso. Ainda são poucas opções de sabores, apenas 5. Mas existe uma opção com lugar especial no meu coração que é o café orgânico (estou nessa vibe agora).

 Até esse mês a Moccato tinha nota 10 em todos os aspectos para mim. Sabor, preço, praticidade, sustentabilidade. Mas essa leva que recebemos veio com cápsulas transparentes que machucaram meu coração e eles perderam uns 3 pontos comigo em dois quesitos.

  1.  Praticidade: Não me dou bem com nomes. O esquema de cores era muito prático para escolher qual café queríamos tomar.
  2. Sustentabilidade: Eu guardava as cápsulas coloridas no nosso quadro de café. As cápsulas transparentes irão para o lixo 😢.  Tudo bem. Eles ganham ponto porque a troca foi feita para valorizar a indústria nacional, e pararam de importar as cápsulas coloridas. Mas vamos tentar incentivar os fornecedores a colocarem mais cor no mundo!

    Olha como o quadro ficava lindo com as cápsulas coloridas.

Mas independente disso, tá aí uma boa opção para você que não abre mão de um cafezinho maroto para começar o dia.