Almoço na sombra… Das delícias de viver em Brasília. 

Isso de quase não chover em Brasília é ruim, mas é bom, né? Por exemplo, graças a esse tempinho seco os espaços públicos são ocupados com várias opções legais de programas para fugir da rotina em meio ao concreto moldado pelos traços de Oscar Niemeyer.

Toda terça-feira, e neste sábado (9/4), ali na calçada do Mercado Cobogó você pode comer uma comidinha gostosa do Teró na Rua debaixo de uma sombrinha aconchegante.    

 
O cardápio é sempre uma delícia e oferece precinhos bem convidativos. Para sobremesa você pode pedir algum dos quitutes do Café Cobogó!   
Dificíl mesmo é ficar só nas comidinhas e resistir aos charmosos produtos vendidos no Mercado Cobogó. Definitivamente uma das lojinhas mais legais desse quadradinho no meio do Goiás. 

  

     São vários acessórios para casa com desing charmoso e roupinhas estilosas. Sempre tem novidade por lá. Tem também muitas coisinhas para uso pessoal que são garantia de sucesso quando preciso dar algum presente para aquela pessoa especial. 

E aí, tá esperando o que para marcar um almoço com a família, os amigos, os amores… Juro que você vai se sentir como se tivesse pulado automaticamente para o fim de semana. Recarrega a energia um almocinho assim, viu?   

O pessoal do Teró na Rua também “bate-ponto” noutros cantinhos da cidade. Para saber onde eles estão estacionados é só acompanhar pelo instagram ou facebook .

Anúncios

Cultivando, colhendo e comendo nossos shimejis-#REVIEW

Já imaginou cultivar seus próprios shimejis em casa? Pois é. Agora isso é possível e super fácil.

Várias empresas já estão comercializando caixas e potes com compostos para cultivo de diversos tipos desse fungo maravilhoso que faz um ziriguidum em qualquer receitinha.

Sim, fungo! É importante lembrar que os cogumelos não são frutas, plantas, verduras… São fungos… Aceite por mais nojento difícil que seja de lidar com essa informação. Por isso a gente não planta, mas cultiva um deles.

Lá em casa testamos o da MushGarden. Compramos a caixa grande de shimeji branco e abrimos apenas dois buraquinhos para testar. Afinal, não sabíamos a velocidade e o tamanho que esses funguinhos teriam e para evitar que nossa casa fosse tomada por eles preferimos ir com calma.

A prática acontece muito parecida com a teoria. Você tira o plástico do furinho que escolher, coloca água duas vezes ao dia com o spray que já vem na caixa e como mágica o shimeji cresce. Quanto tempo? Depende. Um dos buracos levou 10 dias para ficar no ponto de colheita, o outro está há duas semanas em fase de crescimento (mas isso está previsto).

IMG_7485
Nossos shimejis começando a nascer

Cuidados – Os únicos cuidados que você precisa ter é colocar água e não deixar a caixa no sol. Logo, não precisa ser uma expert em cultivo de shimejis para ter um jardim de cogumelos.

Colheita – Como  nunca tinha cultivado shimejis, apelei para as redes sociais  para descobrir se eles já estavam bons. Postei no meu instagram e minha amiga Thalita e o pessoal da Carota (vou falar dela em um próximo post) me ajudaram. Supostamente você tem que colher antes que ele se desdobre todo. Isso é uma informação meio vaga para mim. Mas segui as dicas do pessoal do insta e colhi quando eles estavam bem grandinhos. Depois eles foram direto para a frigideira.

IMG_7531
Depois de refogados. Prontos para comer.

No vídeo mostro como foi esse momento E-M-O-C-I-O-N-A-N-T-E!

 

Benefícios do Shimeji – Esse tipo de cogumelo que se consagrou no Brasil graças aos restaurantes de comida japa são ricos em vitamina B12 (importante para a memória, proteção dos nervos na medula espinhal e no cérebro, divisão celular e por ai vai). Além disso eles ajudam a melhorar o sistema imunológico e  previvem doenças como a osteoporose e, conforme estudos do Instituto Nacional do Câncer do Japão,  ajuda a combater o câncer. Dizem que ele também ajuda a emagrecer porque tem uma boa quantidade de proteínas, fibras e baixo teor de gordura.

Agora imagina eles sendo cuidados com carinho e amor na sua casa, sem nenhum produto químico, veneno, agrotóxico… Ai que fica saudável mesmo!

Para quem quiser testar ai vão alguns sites que achei:

www.mushgarden.com.br

www.cogubras.com.br

www.cogusbox.com

www.cogukit.com.br

Se você gostou dessa dica, vai lá no nosso canal do youtube e se inscreve! Dê essa forcinha pra gente! 🙂

Quem comprar conta para gente aqui nos comentários como foi a experiência.

Ovos de forno

Sabe aquele dia que você quer comer um ovo diferente, mas está com preguiça de sujar um monte de coisas e/ou ficar parad@ na frente do fogão. Pois essa é a receita que vai ter ajudar PRA SEMPRE!

*INGREDIENTES*
•ovo
•queijo da sua preferência
•tomate
•leite ou água

*MODO DE FAZER*

Um uma forminha de cupcake ou de mini-pudim coloque uma colher de sopa de leite ou água (eu prefiro o leite que deixa mais cremoso). Coloque o queijo picado, o tomate e quebre o ovo em cima. Leve ao forno pré-aquecido até cozinhar o ovo no ponto de sua preferência.

Gostou dessa receita?? Então se inscreve no nosso canal do youtube 😀

Cerrado Week – Festival Gastronômico

Faz tempo que o blog não é atualizado. Mas hoje eu precisava vir aqui e nem é para dar receitinhas fáceis. É para dar uma dica supeeeer legal de um evento gastronômico mara: o Cerrado Week.

A galera do Slow Food quem organizou e mandou muito bem. Seguindo os princípios de valorizar os alimentos da nossa terrinha, a produção familiar e os produtos orgânicos vários restaurantes usaram a criatividade e criaram pratos delicinhas com coisinhas do cerrado. E tem também bares, cafés e padarias participando com quitutes que deram água na boca só de ler a descrição. Então vamos nessa. Namorar um pouquinho, reunir amigos e valorizar a galera que tá fazendo comida boa de verdade.

Você pode ver o cardápio clicando nas imagens abaixo, ou aqui para ver o PDF: cerradoweek2015

11988686_487131184775137_4619702438476469405_n

cerrado week 1

file-page2file-page3file-page4file-page5

file-page6

file-page7file-page8file-page9file-page10file-page11file-page12

Pastel de forno – #CRIANÇANACOZINHA

O blog tá abandonadinho, mas é que junho e julho foram muito intensos! Mas começamos agosto com uma grande novidade! O Ighor, filho do marido lindo, está morando em Brasília…. E ele gosta de cozinhar 😀. Semana passada quem segue a gente no snapchat (denizagurgel) viu que ele fez um jantar delícia e super prático. Uma boa dica para quem tem criança em casa e quer estimular o master chef dentro dela!
Então chega de lero-lero e lá vai a receita:
image

*INGREDIENTES*
•massa de pastel (dessas de mercado mesmo)
•queijo da sua preferência
•palmito
•milho
•azeitona
•tomate
Ou qualquer outro recheio que preferir, desde que seja mais sequinho!
Lembre de fechar o pastel com garfo e coloque para assar em uma assadeira anti-aderente para não precisar untar.
Tire quando tiver dourado.
Assista o vídeo com o Ighor explicando o passo-a-passo! É fofo, eu juro!

Queijo cotage/ricota

Tem tempo que eu queria testar essa receita de cotage/ricota caseira. E posso dizer? Eu amei! Comi tudo de colher e usei um pouquinho para rechear uma tapioca (rs).

*INGREDIENTES*

  • 1 litro de leite
  • 6 colheres de sopa de vinagre branco
  • Sal a gosto

*MODO DE FAZER*

É tão fácil que a gente não acredita.

Ferva o leite. Desligue o fogo e comece a colocar o vinagre aos poucos, mexendo até talhar. Pronto. Agora é só peneirar, temperar e guardar o soro (ele é o whey protein).